Blog do Fefon

Penso, logo Desisto



 
 

Penso, logo Desisto

 

Souza, hoje no Grêmio, sempre foi um jogador folclórico. Em véspera de jogo decisivo, ele desanda a falar: seja para provocar os rivais, seja para exaltar os companheiros de time.

Durante uma dessas coletivas, ainda pelo São Paulo, o meia fez uma brincadeira que chegou a doer os ouvidos de muita gente:

"O novo apelido do Aloísio é CB, Sangue Bom."



 Escrito por Fefon às 18:03 [] [envie esta mensagem] []






 
 

Penso, logo Desisto

 

Em 1997, Marcelinho Carioca estava no melhor momento da carreira. O meia corintiano era o melhor batedor de faltas do Brasil. Se tivesse uma oportunidade perto da área, já era considerado meio gol. Os adversários o temiam bastante nesse tipo de jogada. Tanto que, às vésperas de uma partida contra o time alvinegro, o diretor da Portuguesa, Ilídio Lico, chamou os jogadores para uma conversa e fez a besteira de revelar para a imprensa o teor da reunião:

 

"Já falei com os jogadores. Pedi que tomem o gol, mas não façam falta perto da área"



 Escrito por Fefon às 19:55 [] [envie esta mensagem] []






 
 

Penso, logo Desisto

 

Essa não poderia faltar. O lateral esquerdo Felipe, que atuou em vários clubes do Brasil, como Flamengo e Palmeiras, era habilidoso com a bola nos pés, mas era grosso quando abria a boca. Ná época em que ele atuava no Vasco da Gama, perguntaram o que achava do esquema tático de Antônio Lopes, treinador da equipe. A resposta foi rápida, porém...

“O professor Lopes “privatiza” as jogadas pelo lado esquerdo do time.”



 Escrito por Fefon às 13:47 [] [envie esta mensagem] []






 
 

Penso, logo Desisto

 

E a frase folclórica de hoje é de um lateral que jogou na seleção brasileira. Com certeza o torcedor não esquece do Zé Maria, que começou na Portuguesa e passou por Flamengo, Palmeiras e fez muito sucesso no Parma e Inter de Milão, na Itália. Mas também não dá para esquecer da célebre frase do jogador quando resolveu deixar a Europa para se transferir para o Vasco, em 1998:

"Vou me dedicar ao Vasco com toda a minha profissionalice"



 Escrito por Fefon às 20:07 [] [envie esta mensagem] []






 
 

Penso, logo Desisto

Vicente Matheus defendia o Corinthians com unhas e dentes, tanto que colocava os principais craques do clube numa "redoma de vidro". E aí de quem se atrevesse a tirar um dos ídolos do alvinegro. Certa vez, quando Sócrates estava no auge da carreira, tentaram contratá-lo. Mas, depois de muito boato de que o camisa 8 iria sair, o presidente não teve dúvidas: armou uma entrevista coletiva e encheu a boca para desmentir uma possível negociação: 

"O Sócrates é invendível, inegóciável e imprestável"

 



 Escrito por Fefon às 22:19 [] [envie esta mensagem] []






 
 

Penso, logo Desisto

 

Alguém lembra do Elivélton? Aquele ponta esquerda que passou por muitos clubes importantes do futebol brasileiro, entre eles São Paulo, Corinthians e Cruzeiro. Pois é, mesmo dono de uma escolinha de futebol, o atleta não parou de jogar. Atualmente, defende o Francana da terceira divisão. 

Durante a carreira, apesar de ter vestido várias camisas de peso, o jogador sempre fugia das entrevistas porque era gago. Mas teve um dia que falando para uma rádio de São Paulo Elivélton conseguiu se conter. Gaguejou muito pouco, porém quando estava perto de tirar nota dez pelo desempenho diante do microfone, estragou tudo ao falar da cidade de Alfenas (MG) que estava construindo muitas faculdades:

 

 

"Realmente minha cidade é um grande ponto facultativo"



 Escrito por Fefon às 17:23 [] [envie esta mensagem] []






 
 

Penso, logo Desisto

 

Josimar foi um lateral direito de respeito. Ficou 14 anos no Botafogo do Rio de Janeiro, e ajudou o time de General Severiano a conquistar o histórico Campeonato Carioca sobre o Flamengo em 89. A boa atuação o levou à Copa do Mundo de 86, na qual fez dois golaços.

Durante a carreira Josimar também foi autor de frases impagáveis, como a resposta que ele deu a um repórter que perguntou o que ele tinha achado do jogo:

 

"Bom, eu não achei nada, mas o meu companheiro ali achou uma correntinha; acho que é de ouro, dá pra ele vender!"

 

 



 Escrito por Fefon às 19:21 [] [envie esta mensagem] []






 
 

Penso, Logo Desisto

 

Com certeza todo bom gremista se lembra do Jardel. O atacante foi o maior artilheiro do time gaúcho na década de noventa. Tendo como principal característica a cabeçada, o jogador também fez muito sucesso no Porto de Portugal. 

No entanto, a carreira do atleta não foi marcada apenas pelos gols feitos, mas também pelas frases ditas. Era só dar uma entrevista mais longa que sempre vinha algo inesperado...

 

 "Quando o jogo está a mil, minha naftalina sobe"



 Escrito por Fefon às 11:18 [] [envie esta mensagem] []






 
 

Penso, Logo Desisto

Quem não se lembra do Nunes? O atacante que começou a carreira no Confiança (ES), passou pelo Santa Cruz, e fez muito sucesso no Flamengo, depois Fluminense e Botafogo, ganhou o apelido de João Doido, mas não foi a toa, não... Depois da partida que marcou a despedida de Zico, soltou essa, sem dó:

 

 

"Tanto na minha vida futebolística quanto com a minha vida ser humana"

 



 Escrito por Fefon às 06:50 [] [envie esta mensagem] []






 Penso, logo Desisto

 

Dadá Maravilha sempre foi chamado de beija-flor. O jogador ganhou o apelido graças a uma "paradinha no ar" quando cabeceava as bolas. No entanto, o atacante que começou no Bahia, e passou por clubes importantes como Atlético Mineiro, Flamengo, Internacional de Porto Alegre e Botafogo, era muito conhecido pelas frases folclóricas. Durante uma entrevista, acreditem se quiser, mandou essa:

 

 "Não venham com problemática que eu tenho a solucionática"



 Escrito por Fefon às 00:03 [] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 





BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Esportes, Livros, Cinema e Vídeo









 
 


Todas as mensagens
Quem é o Fefon
Papo de Bola
Bola Cheia/ Bola Murcha
Penso, logo Desisto
Fora das 4 linhas




Celso Cardoso
Thomaz Rafael
TricolorMania
Blog da Roberta Castro
 
 

Dê uma nota para meu blog